5 formas de você não desistir da dieta

Você está cansada de sempre querer emagrecer, iniciar a dieta todas as segundas-feiras e logo em seguida já comer o mundo? Então veja a seguir 5 formas de você nunca mais desistir de sua dieta.

Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios físicos para muita gente é um grande desafio. A Falta de vontade, preguiça sempre veem em primeiro lugar.

Você talvez fique pensando, “Mas eu trabalho o dia todo em pé, sempre estou me movimentando”.Bom, meus parabéns!!!! Você é uma pessoa ativa, mas atividade física é diferente da prática de exercícios físicos.

A atividade física é considerada qualquer movimento corporal que promove gasto energético maior do que aquele quando estamos em repouso. Como por exemplo: limpar uma casa e caminhar para o serviço.

Já o exercício físico é uma atividade física planejada, estruturada, programada de acordo com algum objetivo. Como jogar vôlei, futebol e correr. Não importa o horário e o local que você poderá se exercitar. Importante é queimar muitas calorias remexendo o corpo. Dessa forma você terá motivação para não desistir da dieta.

Você conseguirá ver os resultados rapidamente se tiver foco nessa prática. Então caminhe, corra, nade, vá à academia ou faça qualquer tipo de exercício que te dê prazer.

Foco no corpo desejado

Qual é sua maior motivação para emagrecer? Tenho certeza que você primeiramente irá me dizer que é conquistar aquela barriga chapada.

Então ai vai uma dica.Tire uma foto do seu corpo e pregue no seu guarda-roupa, cole ao lado uma foto de alguém que tem o corpo que você deseja ter.

Isso irá te incentivar a seguir firme e forte na dieta. Mas antes não se esqueça de que cada corpo tem sua estrutura.Você ficará linda e diva magra, mas não idêntica a modelo da foto que você pregou no guarda-roupa.

Pense na sua saúde

8 alimentos que ajudam a afinar a barriga e emagrecer
A obesidade é considerada mundialmente como uma doença (ao contrário do que muitos pensam). É caracterizada pelo excessivo acúmulo de gordura no corpo, como braços, pernas, bunda, barriga.

Essa gordura pode causar diversas reações inflamatórias em nosso organismo. Isso contribui para o desenvolvimento de doenças, principalmente as Crônicas não Transmissíveis (DCNT´s) dentre as quais podemos citar: pressão alta, diabetes e doenças do aparelho respiratório.

Além de muitas outras doenças: doenças cardiovasculares, doenças cerebrovasculares, apneia do sono, osteoartrite e câncer.

Tenha em mente que o processo de emagrecimento pode não ser tão fácil

Ensinar uma criança a comer frutas, verduras e legumes desde novinha não é uma tarefa fácil.

Mas é muito mais fácil ela aprender a ter uma alimentação saudável desde pequena do que mudar os hábitos quando estiver adulta. Mudar os hábitos não é tarefa fácil, pois você os adquiriu desde criança.

Então tenha em mente que o processo de emagrecimento não é nem de perto uma tarefa fácil, e requer muito esforço, dedicação e foco. Assim você nunca mais desistirá da sua dieta.

Não se restrinja tanto em sua dieta

A restrição numa dieta sempre deverá existir, pois se você não evitar alguns alimentos a perda de peso nunca existirá de forma eficiente.

Mas até que ponto deve haver a restrição? Que tipo de restrição?

A restrição deve haver durante todo o período de emagrecimento, e após a conquista do peso desejado.

Os alimentos restritos são os “engordantes”, como as frituras, doces, alimentos industrializados, fastfoods e diversas guloseimas de fácil acesso, e não das frutas e legumes como você já deve ter visto em muitas dietas malucas por aí.

Existem diversos regimes que cortam todos os carboidratos da alimentação, o que até favorece a perda de peso.

Mas infelizmente traz associado à ansiedade e mal estar ao indivíduo. Como fraqueza, alterações na pressão, que podem levar a taquicardia e alterações hormonais. Além do mais, nosso corpo precisa da energia dos carboidratos, principalmente nosso cérebro.

Então o que você deverá fazer é comer os carboidratos ricos em fibras, como batata doce, legumes, verduras, frutas, cereais e alimentos integrais.

Tudo em quantidades reduzidas, assim você alcançará a perda de peso e evitará o efeito sanfona. E chega de desistir da dieta, não é verdade?!

[Total: 1    Média: 5/5]
Compartilhe: