10 curiosidades sobre a vagina

Listamos 10 fatos curiosos sobre a vagina!

Objeto de desejo de todos os homens, ela requer alguns cuidados para estar sempre saudável.

Será que você cuida bem dela? É importante conhece-la bem e cuidar de quem dá tanto prazer a você, não é mesmo?

10 curiosidades sobre a vagina

Vamos então falar sobre a…

Assunto: beleza da vagina

1- Tamanho

É claro que pode variar, mas o tamanho médio da vagina é de mais ou menos 8 centímetros (da vulva ao colo do útero). Excitada, ela aumenta para 15 centímetros. Seu diâmetro pode crescer bem mais, facilitando a penetração de um pênis de qualquer tamanho.

2- Prazer no comecinho

Preste atenção nos primeiros centímetros iniciais da sua vagina. É aí que ficam a maioria das terminações nervosas responsáveis pelo prazer.

3- Corrimento normal

É normal sair algum líquido da vagina, que não tem cheiro e nem provoca coceira. Provavelmente é uma secreção produzida pelas bactérias do bem. É como um mecanismo de defesa, prevenindo infecções e bactérias ruins.

4- Sempre limpinha

A vagina é considerada um órgão autolimpante. Quando a flora está em equilíbrio, o ácido lático a mantém livre de micro-organismos ruins. Evite banhos demorados e use sempre produtos específicos para a região.

5- Sexo é o seu exercício

Sexo deixa os músculos da vagina “em forma”. Como qualquer outro músculo, eles também precisam de exercícios. E o da vagina é o sexo! Mulheres que ficam um longo tempo sem transar, sentem a diferença quando retomam a atividade. A vagina perde a elasticidade.

Orgasmos

6- Lábios perfeitos

Assim como um seio costuma ser diferente do outro, os lábios vaginais também não são iguais. Essas assimetrias são normais e não interferem no prazer ou na saúde.

7- Barulhinho

Durante a relação sexual, é normal a vagina fazer algum barulhinho (como um pum). Isso pode acontecer se durante a penetração entrar um pouco de ar na vagina.

8- Ela quer que você se alimente bem

Comer alimentos derivados de leite, iogurtes e bebidas lácteas enriquecidos com lactobacilos ajudam a manter a flora vaginal protegida. Já o álcool diminui a imunidade do organismo, o que pode deixar a vagina propensa a infecções.

9- Clitóris, seu protetor

Essa área de tanto prazer também é responsável para que a penetração não seja dolorosa e nem cause fissuras no canal vaginal.

10- Ela quer dormir sem calcinha

O calor provocado pelo uso da calcinha pode causar o aparecimento de bactérias responsáveis por corrimentos e infecções. Portanto, além de manter uma boa higiene, é muito importante arejar e ficar um pouco sem calcinha. Um bom momento para isso é na hora de dormir. Sua vagina agradece!

Clique aqui e conheça o gel restaurador vaginal!

[Total: 1    Média: 5/5]
Compartilhe: